Compartilhamentos

Tomou posse nesta terça-feira, 16, o novo secretário-adjunto de Atenção à Saúde do Estado, o médico Edinilson Castro. Ele disse que reduzir as filas de espera por cirurgias e abastecer com medicamentos e correlatos na rede hospitalar do Estado são as suas principais prioridades.

O novo gestor estava à frente do Hospital de Emergência (HE) há quatro meses. Com o novo cargo, ele passou a direção da unidade hospitalar para o médico José Ronaldo da Luz.

Castro, que também vai ocupar, temporariamente, a Coordenadoria de Assistência Hospitalar (CAH) da Sesa, disse que uma das maneiras de encolher a extensa fila de cirurgias — cujas maiores demandas são nas ortopédicas — é fazer a retomada destes procedimentos no Hospital Estadual de Santana (HES).

Edinilson Castro tomou posse nesta terça-feira na Sea

Edinilson Castro tomou posse nesta terça-feira na Sesa

“As cirurgias eletivas de média e alta complexidade estão concentradas no Hospital de Clínicas Alberto Lima, isso causa um estrangulamento no serviço. Por isso, vamos reativar a realização de cirurgias de emergência na unidade de Santana, ajudando desta forma a desafogar o serviço na capital”, explicou Castro.

O titular da pasta, secretário Pedro Leite, destacou a importância dos novos gestores em somar com o trabalho que já vem sendo desenvolvido.

“O doutor Edinilson foi convidado para este novo desafio devido ao trabalho que realizou nos últimos meses, no qual demonstrou disposição, vontade de fazer a mudança. Ele já conhece as dificuldades da Sesa, e por isso pode, no âmbito da administração, ajudar a melhorar o atendimento à população. A escolha tem o aval do governador Waldez Góes”, enfatizou Leite.

 

Compartilhamentos