Compartilhamentos

A guerra das ideias /

Das cinco agências publicitárias que começaram no processo, restam apenas duas na licitação da prefeitura de Macapá. Uma é do Amapá, a M2, e a Grito, do Ceará. O processo segue agora para a fase final que é a da abertura de envelopes com as propostas financeiras. A prefeitura deve anunciar a vencedora dentro de 30 dias.

 

São José I

Roberto Góes

O deputado federal e ex-prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), criticou o processo conduzido pela prefeitura de Macapá para escolha das famílias que irão morar no conjunto São José. O parlamentar disse que as famílias já deveriam estar inscritas no Cad Único, o cadastro social unificado.

 

São José II

Assessores da prefeitura tem explicado que a inclusão nesse cadastro só ocorrerá agora, depois do sorteio dos apartamentos. Além disso, a Caixa Econômica Federal está monitorando todas as etapas do processo. Quando foi prefeito, Roberto Góes concluiu a construção do Conjunto Mucajá, iniciado pelo então prefeito João Henrique Pimentel, hoje vereador pelo PR.

 

JK surfando

michel

O deputado estadual Michel JK (PSDB) ainda surfa na onda positiva de uma pesquisa da Globo News que incluiu a Assembleia Legislativa do Amapá entre as mais transparentes do Brasil. “Fazemos questão de mostrar os dados, as licitações e os pagamentos para que a população possa acompanhar todos os gastos do legislativo”,  avaliou JK, que é o atual corregedor e presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Alap.

 

Ainda no Psol

O senador Randolfe Rodrigues (Psol) passou os últimos dias desmentindo a “informação” de que está de malas prontas para voltar ao Partido dos Trabalhadores, ao contrário do que afirmou à Revista Época o presidente do PT do Amapá, Joel Banha. Randolfe, aliás, deu entrevista ao jornal Brasil Econômico, onde disse que a crise no PT arrasta junto toda a esquerda, fortalecendo os partidos conservadores. “Estamos vivendo a maior ofensiva conservadora da história desde o golpe de 64”, resumiu.

 

Blecautes da CEA I

Não se espantam se os blecautes ficarem mais frequentes no Amapá, como o que foi registrado na segunda-feira, 1º. A federalizada CEA admitiu que o problema foi causado por problemas no linhão de Tucuruí, nos trechos que cortam municípios isolados do Pará. O sistema é frágil.

 

Blecautes da CEA II

Central da CEA

A CEA, aliás, ainda não acertou a mão quando o assunto é atendimento ao público em sua única central de relacionamento com o consumidor. Na terça-feira, 2, dezenas de pessoas se espremeram para pedir religação e também para reclamar de corte indevido. A CEA vem fazendo um atacadão de cortes por inadimplência.

 

Fora do fórum

Depois de um fim de semana sem trabalhar, por conta do falecimento da irmã, o governador Waldez Góes (PDT) voltou à ativa na segunda-feira. Ele nem chegou a participar do Fórum de  Governadores, no Matogrosso. Voltou mais cedo quando soube do falecimento. 

Comunicação

rádio acácio

 

Os presidentes da Câmara de Vereadores de Macapá, Acácio Favacho (PMDB), e da Assembleia Legislativa, Moisés Souza (PSC), decidiram que as duas casas vão investir maciçamente em comunicação. Na terça-feira, 2, Favacho inaugurou a Rádio Câmara, a exemplo do colega que há três anos fez o mesmo na Assembleia. Os dois celebraram convênio para transmissão conjunta dos trabalhos. Favacho também lançou um informativo impresso, a Voz do Parlamento, numa cerimônia bastante concorrida.

 

Compartilhamentos