Compartilhamentos

Os vizinhos não aguentavam mais. Depois de passar a madrugada inteira deste domingo, 31, ouvindo música alta, moradores da área de pontes da Avenida Paraíba, no Bairro do Pacoval, chamaram a polícia. Uma viatura do 6 Batalhão da PM chegou, revistou os amigos que bebiam no pátio de uma casa e encontraram maconha. Dentro do imóvel os policiais encontraram uma quantidade ainda maior da droga, e a dupla acabou sendo presa.

Apesar de apenas um ter assumido ser o dono da droga, os dois foram presos. Fotos e reportagem: Jair Zemberg

Apesar de apenas um ter assumido ser o dono da droga, os dois foram presos. Fotos e reportagem: Jair Zemberg

Yuri Trindade de Almeida, de 19 anos, e Peter Mayer da Silva Nascimento, de 23 anos, estavam bebendo desde o início da noite de sábado, 30. A música, muito alta, ficava por conta de uma caixa amplificada. Os vizinhos ligaram para o 190 várias vezes, mas ninguém do Batalhão Ambiental apareceu para atender a ocorrência. 

Quando o 6º BPM chegou, os dois baixaram o som, mas na revista os policiais descobriram que, além da cerveja, eles consumiam maconha. Na revista em um dos cômodos da casa foram encontrados 20 papelotes de maconha, além de vários celulares e material supostamente de embalagem. Peter Mayer assumiu sozinho ser o proprietário da droga, mas os dois acabaram presos.

Dentro do imóvel foram encontrados mais 20 papelotes da droga

Dentro do imóvel foram encontrados mais 20 papelotes da droga

Na chegada ao prédio do Ciosp do Pacoval os dois foram obrigados a descer da viatura e carregando a caixa amplificada (foto de capa) até o interior do Ciosp onde foram autuados em flagrante por tráfico. Nesta segunda-feira, 1º, eles serão encaminhados ao Iapen. 

 

Compartilhamentos