Compartilhamentos

A Federação das Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap) e a Secretaria de Estado da Cultura já pensam em algumas mudanças para o Arraiá no Meio do Mundo do ano que vem. Uma das mudanças seria a ampliação do espaço que ficou pequeno para tanta gente. O anúncio foi feito na última noite de arraiá na Cidade Junina, montada no estacionamento do Estádio Zerão.

“Mostramos aqui o talento e a originalidade dessas pessoas simples que às vezes só tem este momento para apresentar seu trabalho para um grande público. São meses de dedicação para mostrar esse espetáculo, que é o mais democrático do Amapá, porque une pessoas de diferentes classes, municípios e talentos”, destacou a presidente da Fefap, Daiana Ronieli.

Na última noite de apresentações mais de 1.500 pessoas lotaram as arquibancadas

Na última noite de apresentações mais de 1.500 pessoas lotaram as arquibancadas

Ao todo, foram 85 quadrilhas dos municípios de Santana, Mazagão, Macapá, Laranjal e Vitória do Jari, Ferreira Gomes, Porto Grande, Tartarugalzinho, Pedra Branca do Amapari, Oiapoque, Calçoene e Amapá.  

Todos os grupos estilizados foram avaliados pelos jurados nos quesitos: conjunto, marcador, indumentária, miss caipira, passos de quadrilha, danças, harmonia de passos e evolução, criatividade, entrada e saída, e tema. As quadrilhas tradicionais incluem na avaliação os itens: originalidade, danças tradicionais e casamento na roça.

Grupos inovaram e surpreenderam os jurados e o público

Grupos inovaram e surpreenderam os jurados e o público

“O espaço foi pequeno para tanta gente. Foi um evento novo com a maior estrutura que o estado tem. Percebemos que o público gostou e participou todos os dias assistindo até a última quadrilha. Com esse espetáculo todo já pensamos em ampliar o espaço para o ano que vem devido a grande aceitação e participação do povo”, enfatizou o secretario de cultura Disney Silva.

Secretário de Cultura Disney Silva anunciou mudanças para 2016

Secretário de Cultura Disney Silva anunciou mudanças para 2016

Para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) o evento apresentou resultados positivos. Diariamente 80 policiais militares e 15 bombeiros deram suporte na Cidade Junina e no entorno do estacionamento do Sambódromo durante nove dias.

“É com muita satisfação e sentimento de dever cumprido que finalizamos nosso trabalho aqui no Meio do Mundo. Não houve ocorrências de assalto, roubo ou qualquer outra coisa. A população prestigiou e entendeu que diversão é sinônimo de segurança. É com essa meta que pretendemos entrar no mês das férias”, comentou o titular da pasta, coronel Gastão Calandrini.

O resultado final do Arraiá no Meio do Mundo será apurado a partir das 15 horas desta terça-feira, 30.

Compartilhamentos