Compartilhe

Humberto Baía, de Oiapoque – O município de Oiapoque, localizado a 600 quilômetros de Macapá, completou 70 anos de criação na semana passada, mas a cidade ainda não dispõe de logradouros públicos para o lazer de jovens e adultos. Um grupo de ciclistas decidiu chamar a atenção para a necessidade de criação de parques e praças, e está realizando passeios de bicicleta pela zona rural do município.

O passeio tem muitas subidas e descidas....

O passeio tem muitas subidas e descidas….

…e outros obstáculos que são vencidos com bravura durante a aventura

…e outros obstáculos que são vencidos com bravura durante a aventura

A única praça de Oiapoque está em obras há quase 5 anos e não tem data para ser entregue. Para um dos organizadores do “roler de bike”, Oscar Grislael, ir onde poucas pessoas podem ir é impagável. “O contato com a natureza, respirar o ar puro, sem duvida nenhuma é uma terapia”, diz ele.

Os passeios acontecem sempre nos fins de semana, e este mês tem a comemoração pela Semana do Meio Ambiente. Neste fim de semana os amantes da natureza saíram desbravando a zona rural do município, entre as localidades de Igarapé Grande e Vila Vitória.

ONG Pegadas de Oiapoque luta pela criação do Parque da Pedra. Fotos: Humberto Baía

ONG Pegadas de Oiapoque luta pela criação do Parque da Pedra. Fotos: Humberto Baía

Troncos de árvores e a montanha não são obstáculos para os intrépidos amantes do ar puro. Os aventureiros contam com apoio do IBAMA e da ONG Pegadas de Oiapoque, que está tentando criar o primeiro parque natural de Oiapoque, o Parque da Pedra.

O local dos encontros, todos os sábados, fica em frente ao terminal rodoviário da BR 156. Levar água, bolachas e sacos plásticos para guardar o lixo são dicas.

Compartilhe