Compartilhamentos

A Secretaria de Aviação Civil suspendeu o resultado da licitação das obras do novo Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre. As obras, que estavam previstas para reiniciar no próximo dia 30, agora podem ficar sem uma nova data definida.

A informação é nova, e ainda está sendo apurada em Brasília pela bancada federal que foi pega de surpresa. O governo do Estado também ainda não foi informado oficialmente a respeito da decisão. Nem a Secretaria de Transportes do Estado (Setrap) e nem a Agência de Desenvolvimento (Adap) receberam qualquer informe oficialmente a respeito do assunto.

Mais uma vez, obras podem ficar sem data definida

Mais uma vez, obras podem ficar sem data definida

Por enquanto, o que se sabe é que a suspensão tem a ver com o corte orçamentário do governo federal. O orçamento que seria de R$ 25 milhões para a retomada do aeroporto teria sido reduzido inicialmente para R$ 15 milhões, e agora o governo acabou desistindo de reiniciar a construção paralisada há quase 10 anos.

No início de maio, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, em reunião com os senadores Randolfe Rodrigues (Psol), Davi Alcolumbre (DEM) e o prefeito de Macapá Clécio Luis, confirmou oficialmente a retomada da obra para o dia 30 de junho. Os aeroportos de Vitória (ES), Goiânia (GO), Aracajú (SE) e Macapá seriam as prioridades.

Randolfe Rodrigues, que está em Brasília, confirmou que o resultado da licitação foi mesmo suspenso por motivos orçamentários. “Estou fazendo um requerimento à Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado para que convoque o ministro da avião civil para dar explicações”, adiantou.

Compartilhamentos