Compartilhamentos

Uma banda de rock do Amapá, formada no início dos anos de 1990, a Dezoito 21, decidiu beber na mesma fonte de algumas grandes bandas do cenário mundial. Os integrantes estão realizando um grande sonho numa mistura de arrepiar os amantes do bom e velho rock in roll: juntar as guitarras distorcidas e os instrumentos da música clássica.

Geralmente quando se fala em rock in roll, logo vem à mente os solos e o som distorcido das guitarras, acompanhado pelo grave do contra baixo e as viradas da bateria, dois instrumentos responsáveis pela cadência da canção.

Integrantes da banda Dezoito 21: desafio

Integrantes da banda Dezoito 21: desafio

Essa é a formação tradicional do estilo criado no fim da década de 1940, início dos anos 1950. Dessa forma, o rock tomou conta de todo o planeta atraindo milhões de adeptos do novo estilo musical.

Depois de um longo processo de transcrição para a partitura, a banda Dezoito 21 passou a ser composta também por uma pequena orquestra de instrumentos de sopro. São violinos, violoncelos e de quebra, além do som das cordas, um bom trompete e uma trompa.

A banda agora tem o acompanhamento de uma orquestra de cordas e sopro

A banda agora tem o acompanhamento de uma orquestra de cordas e sopro

A banda Dezoito 21 é uma banda de rock progressivo, e sempre teve no repertório, além das composições próprias, grandes nomes do rock nacional, como Legião Urbana, Cazuza, Paralamas do Sucesso, Ultrage a Rigor, Titãs, O Rappa, e Los Hermanos. Desta vez, o grande desafio é fazer roupagens bem sonoras das músicas da banda gaúcha Engenheiros do Hawaii.

Violoncelo dá um som diferente a clássicos do rock brasileiro

Violoncelo dá um som diferente a clássicos do rock brasileiro

Imagine só ouvir canções como: O Exército de Um Homem Só, Pra Ser Sincero, Dom Quixote, tudo com uma banda formada por mais de dez integrantes.

Geison Castro, vocalista e baixista da banda, fala de um trabalho nada fácil, mas muito prazeroso. “O mais complicado mesmo foi reunir todo mundo para os ensaios. Mas depois do primeiro encontro, ninguém mais falta. Aí as músicas começaram a rolar”.

A Banda se apresenta neste fim de semana, na Green Music Hall, na Rua Hamilton Silva, no Bairro Central, a partir das 22 horas. Serão mais de duas horas de muito rock roll.

Engenheiros do Hawaii

Engenheiros do Hawaii é uma banda do Estado do Rio Grande do Sul, formada em 1984 na cidade de Porto Alegre. A banda é dona de sucessos como o Papa é Pop, Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones, Terra de Gigantes, Refrão de Bolero, conquistando fãs cativos em todo país.

Com canções irônicas e críticas, as músicas marcaram a vida de muita gente.

Humberto Gessinger compositor, vocalista, baixista e fundador dos Engenheiros do Hawaii, tem feito carreira solo e realiza mais de duzentos shows por ano.

Compartilhamentos