Compartilhamentos

Policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) prenderam dois homens suspeitos de furtar um carro da garagem de uma residência no Bairro Jardim Felicidade, na Zona Norte de Macapá.  Os dois foram localizados em um carro com uma arma, munição e aparelhos eletrônicos provavelmente usados para abrir as portas do veículo que também foi localizado.

Por volta das 2 horas da manhã, a proprietária do veículo acordou com o acionamento do motor do carro, e quando abriu a janela viu o veículo saindo da garagem com um homem sem camisa dirigindo. Ela ligou para o 190, e o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) acionou uma equipe do BRPM que começou a fazer diligências localizando o carro na Rodovia do Curiaú. O veículo, um Gol, estava sem combustível.

Além dos aparelhos, os suspeitos tinham uma espingarda calibre 12. Fotos: BRPM

Além dos aparelhos, os suspeitos tinham uma espingarda calibre 12. Fotos: BRPM

Enquanto os policiais verificavam o carro outro veículo passou com dois homens dentro. Os policiais ficaram desconfiados e foram atrás do carro suspeito que foi parado próximo a uma concessionária de veículos.

Na abordagem a equipe descobriu que a dupla tinha uma espingarda calibre 12, além de munição e uma caixa com dispositivos eletrônicos supostamente utilizados para arrombar o veículo sem danificá-lo. Eram os ladrões.

Daniel Guimarães

Daniel Guimarães

“Nesse kit existem várias chaves e alicates usados para abrir as portas. Nesse caso o carro não tinha alarme. Eles fizeram a ligação elétrica e saíram com o carro. São profissionais do crime”, disse o tenente-coronel Paulo Matias, comandante do BRPM.

Michael Barbosa

Michael Barbosa

Foram presos Michael Barbosa Soares, de 27 anos, e Daniel Guimarães dos Santos, de 25 anos. Nenhum deles tinha passagem pela polícia. Eles não informaram para onde pretendiam levar o carro. Os acusados disseram que moram no Loteamento Amazonas, na BR-210, mas a PM desconfia que os dois são de Santana. O caso agora será investigado pela Polícia Civil.

Compartilhamentos