Compartilhamentos

Um candidato a conselheiro tutelar de Macapá está sendo acusado de divulgar uma suposta pesquisa de intenção de votos e poderá ser eliminado do processo, segundo informou o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, entidade que conduz o processo.

A “pesquisa”, que mostra o candidato supostamente em primeiro lugar nas intenções de voto, estava sendo divulgada nas redes sociais.

O conselho e o Instituto Inova divulgaram notas afirmando que se trata de uma falsa pesquisa, e que tomará todas as medidas necessárias para apurar os fatos. O nome do candidato não foi divulgado. Abaixo da nota do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente.

nota de esclarecimento CMDCA (1)

A eleição para o Conselho Tutelar das zonas Norte e Sul da capital será no realizada no dia 4 de outubro. Pouco mais de 50 candidatos passaram no crivo do edital atendendo aos pré-requisitos.

Compartilhamentos