Compartilhamentos

O verão amapaense começa oficialmente no próximo domingo, 05, com programações culturais e esportivas em diferentes polos, espalhados por todos os municípios do Estado. Para garantir a diversão dos veranistas os órgãos de segurança pública estão mobilizados. Veja como cada órgão vai atuar.

BPRE

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), por exemplo, colocará em prática blitz educativas e coercitivas nas rodovias estaduais, principalmente nas que levam aos balneários mais procurados.

Capitão Rondineli Marques, do BPRE

Capitão Rondineli Marques, do BPRE

“Teremos duas frentes de ação. A primeira mais educativa, com conversas e dicas para garantir a direção segura dos condutores, e a segunda será coercitiva, para evitar infrações graves, como a mistura de álcool com direção”, explicou o comandante do BPRE, capitão Rondineli Marques. Segundo ele, a maior preocupação é com as rodovias JK e Curiaú, que recebem grande movimentação nesse período.

PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) estará intensificando o controle de veículos nas rodovias federais que ligam Macapá aos municípios do interior. Os policiais farão uso de radares em pontos estratégicos das estradas.

“Já estamos com todo o esquema pronto para as blitz nas rodovias. O trabalho vai se concentrar na BR 156 e na Perimetral Norte, que ligam todos os municípios do Amapá. Nosso objetivo é realizar ações para combater infrações ao longo das rodovias federais como, falta de documentação dos veículos e motoristas, alta velocidade e uso de álcool ao dirigir. Hoje os principais problemas são a alcoolemia e o excesso de velocidade”, explicou o diretor de Operações da PRF, Francimüller Nascimento.

Polícia Militar

A Polícia Militar vai aumentar o efetivo nas ruas atuando nas áreas de maior movimentação de pessoas como, balneários e praças. O objetivo é garantir a segurança da população que costuma frequentar esses locais nesse período. O esquema foi montado para que o policiamento chegue onde for preciso.

Algumas ações serão concentradas no Curiaú

Algumas ações serão concentradas no Curiaú

“Além das viaturas, vamos utilizar também o policiamento a pé e as motos, que poderão ser úteis nas ações, principalmente em locais com grande aglomeração de pessoas e carros. Montamos nosso planejamento baseado na Operação Fecha Batalhão, que consiste em reduzir as atividades administrativas dentro dos batalhões, para que possamos utilizar mais homens nas ações ostensivas”, explicou o coronel Joércio Almeida, da Diretoria de Operações da PM.

De acordo com ele, o reforço no policiamento não vai acontecer apenas em Macapá e Santana, mas vai chegar aos municípios do interior, que nesse período também realizam festivais de verão.

Guarda Municipal

Coronel Ubiranildo Macedo, da Guarda Municipal

Coronel Ubiranildo Macêdo, da Guarda Municipal

A Guarda Municipal tem novidades para esse verão. A partir de domingo, a corporação vai usar armas não letais no serviço de segurança nas praças e balneários de Macapá.

“Além das ações ostensivas, nossos inspetores terão duas tarefas importantes nas áreas de maior aglomeração de pessoas. A primeira será contra o cerol, muito usado pelas crianças e jovens. A segunda é fiscalizar o uso de garrafas de vidro nos balneários e praças, pois esse material pode ser transformado em arma se houver algum desentendimento”, explicou o comandante da Guarda Municipal, coronel Ubiranildo Macêdo.

Compartilhamentos