Compartilhamentos

No final da manhã desta quarta-feira, 8, a Polícia Civil, ainda seguindo pistas sobre o caso do taxista Wilson Brito, de 58 anos, conseguiu chegar ao táxi da vítima que ainda não tinha sido encontrado. A polícia sabia que Josiel Alves de Moraes, conhecido com “Júnior”, o segundo suspeito do crime, ficou com o carro depois do assassinato de seu Wilson.

"Júnior" está sendo procurado pela polícia

Josiel Alves, o “Júnior”, está sendo procurado pela polícia

O veículo foi encontrado no Distrito de Lourenço, município de Calçoene. Segundo informações da Polícia, o carro estava sendo usado para o transporte de carne clandestina para a região. O táxi será removido para a sede da Polícia Técnica (Politec) para ser periciado.

Agora, com carro localizado, ainda segue foragido o segundo suspeito do crime, Josiel Alves, o “Júnior”, que teria deferido as facadas que levaram a morte do taxista.

Compartilhamentos