Compartilhamentos

Jair Zemberg –

Uma equipe do 6º Batalhão da Polícia Militar prendeu na noite de sexta-feira, 17, um homem que se identificava como assessor do secretário de Segurança Pública do Estado, o coronel Gastão Calandrini. A prisão ocorreu durante uma revista de rotina, e o suspeito foi enquadrado por posse de substância entorpecente, desacato e ameaça.

Willian Freitas de Moura, de 21 anos, estava na companhia de mais dois rapazes caminhando pela Rua Guanabara, no Bairro do Pacoval, por volta das 22 horas.

Ao serem abordados por uma equipe do 6º Batalhão, comandada pelo sargento Jorge Sá, dois foram revistados e liberados. O terceiro, Willian, se recusou a passar pelo procedimento. Segundo os policiais, ele teria dito que trabalhava com o secretário Calandrini, e não aceitava a revista.

Willian disse ser assessor e depois estudante de Direito

Willian disse ser assessor e depois estudante de Direito

Ele ainda teria ameaçado processar e demitir os policiais, que apesar das advertências não se intimidaram. Na revista, os policiais encontraram com ele uma pequena porção de maconha, e Willian foi levado para o Ciosp do Pacoval. 

Na viatura, William disse ser estudante de Direito. O site SelesNafes.Com não conseguiu falar com o secretário de Segurança Pública, Gastão Calandrini, para saber se o suspeito realmente trabalha na Sejusp.

Compartilhamentos