Compartilhamentos

Jair Zemberg

A Polícia Civil prendeu um homem acusado de participar do assalto na porta do Bradesco do Centro de Macapá onde foram roubados cerca de R$ 45 mil. Por enquanto, apenas R$ 7 mil foram recuperados.

Alexandre Pena Guedes, de 23 anos, foi preso em casa no Bairro Jardim Felicidade, Zona Norte de Macapá, por determinação da Justiça. Ele está preso no Ciosp do Pacoval e recebeu a visita de um advogado hoje de manhã.

Segundo a polícia, foi ele quem deixou cair o celular na fuga logo após o assalto. A polícia descobriu que o aparelho está no nome de Alexandre. As fotos dele no celular foram mostradas para as vítimas que o reconheceram.

Moto usada no assalto. Fotos: Jair Zemberg

Moto usada no assalto. Fotos: Jair Zemberg

No dia do assalto, ele teria feito várias ligações do mesmo aparelho para um homem identificado na agenda como “Baixinho do Banco”, o que na opinião da polícia pode ser um indicativo de participação de alguém de dentro da agência, provavelmente um funcionário terceirizado ou efetivo.

O assalto ocorreu na tarde da segunda-feira, 29, quando um casal que chegava ao banco foi surpreendido por dois homens armados em uma moto. Na fuga, o celular caiu.

A moto foi encontrada ontem, 30, depois que PMs perseguiram um suspeito no Bairro Cidade Nova. O homem fugiu a pé numa área de pontes, mas o veículo foi deixado para trás.

A moto tem a placa clonada e com várias queixas de roubo, além de ter sido pintada de preto. A cor original do veículo é o vermelho.

O delegado que investiga o caso, Paulo Reyner, não deu entrevista sobre o assunto, mas disse acreditar que pelo menos mais 3 pessoas estejam envolvidas no crime.

Compartilhamentos