Compartilhamentos

Todos os criminosos que assaltaram uma agência dos Correios no município de Tartarugalzinho (232 quilômetros de Macapá), e transformaram clientes em reféns, se entregaram à polícia no início da noite de quarta-feira, 1º, depois de 3 horas de negociações com a PM. Durante a operação, um dos oficiais virou refém.

assalto 5 assalto 5

Segundo a polícia, no momento da invasão, por volta das 15 horas, havia 20 pessoas no interior da agência. Os bandidos chegaram a atirar nos primeiros policiais que chegaram ao local minutos depois do início do assalto, e houve intenso revide. Apesar da troca de tiros, ninguém ficou ferido.assalto 1

Os policiais foram avisados por uma testemunha que viu o momento da invasão. Três homens que estava num veículo do lado de fora da agência foram presos. Eles dariam fuga aos assaltantes.

Um tenente da PM entrou na agência para iniciar a conversa com os três  criminosos que fizeram a invasão e acabou virando refém. Um outro tenente chegou e reiniciou a negociação que terminou por volta das 19 horas com todos os assaltantes presos.assalto 3 assalto 4

Não há informações sobre reféns feridos e nem policiais. A operação foi conduzida por PMs de Tartarugalzinho, Ferreira Gomes e do Bope. 

Michel Pinheiro Brito, Gedielson da Costa Tupibambá Bahia, Marinelson Tavares Marques, Samuel Brazão Brito, Paulo Sérgio de Araújo Monteiro, e Anderson Rodrigues Cardoso foram trazidos para Macapá onde foram apresentados no Ciosp do Pacoval.

Compartilhamentos