Compartilhamentos

O resultado dos testes de balneabilidade realizados pelo Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) em balneários de vários municípios, apontou que a orla do Bairro Cidade Nova está imprópria para banho. O Imap já colocou uma placa no local informando os banhistas.

A água da orla do Cidade Nova foi a única que apresentou nível de pH elevado com mais de 20% de coliformes fecais nas amostras.

“O resultado das primeiras amostras recolhidas na última semana de junho, mostrou que estão próprios para banho os balneários de Fazendinha, Santa Inês, Araxá e Curiaú”, disse o chefe de gabinete do Imap, Josiel Oliveira.

Algumas ações serão concentradas no Curiaú

Algumas ações serão concentradas no Curiaú

Segundo Josiel, o segundo laudo pode ser diferente do primeiro, já que as águas do Rio Amazonas são correntes e a porcentagem de coliformes fecais pode variar de uma semana a outra.

“Por isso fazemos várias analises durante o mês. Caso outros locais sejam considerados impróprios, vamos informar a população. Por enquanto, apenas um está impróprio”, acrescentou.

Os testes foram realizados em oito balneários nos municípios de Macapá, Santana, Porto Grande e Ferreira Gomes, locais de grande fluxo de banhistas durante o verão. Mesmo com os balneários liberados, o Imap continuará com a campanha de informações aos banhistas sobre a manutenção dos balneários.

Apesar dos resultados, o Imap recomenda que os banhistas não tomem banho próximo a locais onde exista despejo de esgoto, como acontece ao longo da orla de Macapá.

 

Compartilhamentos