Compartilhamentos

 

Élcio Barbosa –

O Santos/AP já está em Palmas, capital do mais jovem Estado da Federação, o Tocantins, para a partida de ida do grupo A2 do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida será realizada neste domingo, 22, às 16 horas contra o Palmas no Estádio General Sampaio, em Porto Nacional.

A diretoria do time tocantinense tentou mudar o local da partida. O Estádio Nilton Santos, na capital, foi preparado para o jogo, mas a CBF negou o pedido do clube local por que o estatuto do torcedor requer pelo menos 10 dias de antecedência para solicitar a mudança de jogos, e isso não ocorreu.

O confronto entre Palmas e Santos está mesmo confirmado para o Estádio General Sampaio, na cidade interiorana de Porto Nacional.

O representante amapaense embarcou às 4 horas da madrugada de hoje com destino ao local da partida. Na bagagem, o elenco alvinegro levou a esperança do torcedor amapaense.

Na tabela, uma vitória fora de casa recoloca o Peixe em boas condições de classificação nesta fase da competição. O time amapaense está com quatro pontos, e caso vença a partida contra o Palmas, subiria para a terceira colocação.

Com oito pontos, o Palmas, do técnico Wilsomar Senna, tem boas e más notícias. A boa fica por conta do retorno do meia Valdo, que não disputou as últimas partidas por contusão. A ruim é que o meio-campista Ederson e o meia-atacante Gean estão fora por suspensão.

Para o lugar de Ederson, a opção será a entrada de Thurran, e como Gean não vem sendo titular, o atacante Laionel poderá ficar como opção no banco de reservas.

O Santos foi completo para Palmas, com exceção do técnico Minga, que continua licenciado. O time será comandado em campo pelo presidente de honra do Peixe, o empresário Luciano Marba. O jogo está marcado para às 16 horas deste domingo, 22.

Compartilhamentos