Compartilhamentos

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma ambulância da prefeitura de Macapá sendo empurrada pelas ruas. Até aí nada de mais, até porque qualquer carro pode apresentar defeito, ainda mais ambulâncias que rodam centenas de quilômetros por dia. Mas o vídeo foi compartilhado pelo ex-prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), num tom de crítica, e repercutiu, especialmente depois da resposta do atual prefeito, Clécio Luis (PSOL), que veio ainda mais dura. O psolista afirmou que no fim da administração de Roberto Góes, em 2012, não havia nem ambulância para empurrar, “muito menos pra atender a população”.

A ambulância atende distritos da zona rural, segundo informou a Secretaria de Saúde, e estava atravessando o cruzamento da Avenida Mendonça Júnior com a Rua Manoel Eudóxio, no Bairro Santa Rita. A Semsa disse que não havia pacientes dentro do veículo no momento da pane de bateria, e que encaminhou o veículo para manutenção.

Ambulâncias abandonadas no fim da gestão de Roberto Góes

Ambulâncias abandonadas no fim da gestão de Roberto Góes

Depois do compartilhamento do vídeo pelo ex-prefeito Roberto Góes, Clécio também usou as redes sociais para contra-atacar. Além de dizer que no fim da gestão do agora deputado federal não havia sobrado nenhuma ambulância para atender a população, mesmo com todas as dificuldades o gestor afirmou que o município mantém 9 veículos em operação.

Clécio disse que até agora Roberto não destinou recursos de emendas para a rede de saúde da capital. “Nos cabe informar que, lamentavelmente, o nobre deputado até agora não destinou nenhum centavo dos milhões que somam suas emendas para a cidade de Macapá. Mas ainda é tempo”, ironizou.

O site ligou para o deputado federal Roberto Góes, mas o celular estava desligado.

Compartilhamentos