Compartilhamentos

O jogo entre Santos e Macapá na manhã deste domingo, 16, no Estádio Zerão, terminou com mais uma derrota do Peixe e pancadaria aos 30 minutos do segundo tempo. Maicon Gaúcho foi preso acusado de agredir um jogador do Macapá no banco de reservas do Santos.

A partida começou por volta das 10 horas. Aos 40 minutos da etapa final, o capitão do Macapá, Deco, chutou forte e fez o gol da vitória sobre o bicampeão estadual.

Na comemoração, Cametá foi ao banco de reservas do Peixe e fez uma provocação usando um ato obsceno. Os reservas santistas partiram para agressão e a situação virou uma pancadaria.

Cametá saiu carregado para o Hospital de Emergência, mas já passa bem depois de exames. A Polícia Militar teve dificuldades para acabar com a briga.

O lateral Maicon Gaúcho deixou o campo algemado e foi levado para o Ciosp do Pacoval. O clube pagou fiança, e ele foi liberado no início da tarde para voltar ao Centro de Treinamento do Peixe.

Com a derrota, o Santos ficou em 6º lugar na tabela, com poucas chances de se classificar entre os quatro primeiros que irão disputar as seminais de dois jogos.

“O time tá fazendo a parte dele, mas a bola não entra não sei porque”, lamentou o atacante Cabralzinho. O campeonato amapaense continua sendo liderado pelo Independente e o Trem com 12 pontos cada.

Compartilhamentos