Compartilhamentos

A Maçonaria do Amapá foi homenageada nesta terça-feira, 25, durante sessão na Câmara de Vereadores de Macapá. O Título de Louvor foi entregue ao grão-mestre José Odair da Fonseca Benjamim. A homenagem foi iniciativa dos vereadores André Lima(Psol) e Lucas Barreto (PSD) pelo Dia do Maçom, comemorado no dia 20 de agosto.

O grão-mestre usou a tribuna para falar da entidade que existe o Amapá há apenas 27 anos. “Hoje estamos em Macapá, Santana, Laranjal do Jari e Porto Grande. São onze lojas maçônicas em todo o Estado com 340 obreiros”, explicou.

Grão-mestre José Odair: entidade com 340 membros. Fotos: Ascom

Grão-mestre José Odair: entidade com 340 membros. Fotos: Ascom

A maçonaria é uma fraternidade que nasceu na Idade Média, e que admite apenas homens como membros. Não se trata de uma religião, mas de uma associação que reúne pessoas que precisam se comprometer com o bem-estar da sociedade. Os membros debatem sobre política, filosofia e outros assuntos, além de promover ações de caráter social.

O presidente da Câmara Municipal de Macapá, Acácio Favacho (PMDB), parabenizou a Maçonaria e colocou a Câmara à disposição para a realização de debates e eventos da entidade.

O presidente da Academia Amapaense Maçônica de Letras, Wilson Queiroga, anunciou que ainda este ano a entidade lançará um livro que conta a história da maçonaria no Estado.

Compartilhamentos