Compartilhamentos

O Núcleo de Meteorologia do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) confirmou que a temperatura no Estado tende aumentar ainda mais. Hoje, os termômetros estão registrando temperaturas que variam de 33 a 35 graus, mas, segundo os meteorologistas, no mês de outubro, que será o mais quente do ano, a temperatura vai chegar aos 36 graus, com sensação térmica passando os 40 graus.

Neste mês de agosto, o calor ainda será amenizado pelas pancadas de chuvas que deverão ocorrer com freqüência, como foi registrado na noite da última quarta-feira, 12, na capital.

Sensação térmica poderá passar dos 40 graus. Foto: Carlão

Sensação térmica poderá passar dos 40 graus. Foto: Carlão

São chuvas rápidas, fortes e acompanhadas de ventania. Há previsão de chuvas também na região sul do Amapá, principalmente em Laranjal do Jari e Vitória do Jari. Mas, a partir de setembro o sol e o calor intenso serão fatores predominantes.

O gerente do Núcleo de Meteorologia do Iepa, Jefferson Vilhena, explica que 2015 não é o ano mais quente. “O pico máximo registrado no Estado ocorreu em 2010, com temperaturas que chegaram até 37 graus. Mas é válido ressaltar, que não registramos a sensação térmica, porque esse fator depende muito de cada localização”.

O Amapá conta com três estações meteorológicas em Oiapoque, duas em Porto Grande, uma em Serra do Navio, duas em Macapá, uma em Laranjal do Jari e uma em Tartarugalzinho, que servem para o mapeamento diário das regiões do Estado.

Foto: Ruan Alves/Agência Amapá

Compartilhamentos