Compartilhamentos

Elcio Barbosa –

Jogando no estádio Milton de Souza Correa, o Zerão, no domingo, 30, o Santos venceu o Imperatriz (MA) por 3 a 2 e respira na Série D. Marcaram os gols pelo peixe, Sandro, Acosta, e Índio. Raylan e Júnior Chicão diminuíram para o time maranhense. O Santos deu a volta por cima jogando com raça e amor à camisa. Com apenas 9 em campo, o time amapaense conseguiu a vitória heroica.

Após o resultado positivo, o time amapaense soma agora sete pontos na tabela de classificação, e necessita vencer o Ríver, que tem 10 pontos, no Piauí. A partida será realizada no domingo, dia 6 de setembro, no estádio Albertão, em Terezina.

O primeiro tempo do confronto teve emoções tanto para o Imperatriz, quanto para o time amapaense. Foi o meia maranhense, Rubens, quem protagonizou o primeiro lance de perigo do jogo com chute frontal. A bola passou por cima do gol de Rafael.

O Santos ainda fez três contra ataques de risco. Um com o ala direita Marau, e outro com o ala esquerda Magno. O time maranhense também se expôs ao ataque com Juninho e Daniel Barros, que eram velozes.

Índio, autor do gol que deu a vitória ao Santos, acredita na classificação

Índio, autor do gol que deu a vitória ao Santos, acredita na classificação

O que os poucos torcedores que foram ao Zerão esperavam aconteceu aos 35 minutos. Acosta sofre pênalti. Sandro Costa bateu forte no meio do gol e inaugurou o marcador. Mas, a alegria dos santistas não durou muito. Logo aos 41 minutos o Imperatriz empatou com Raylan. Ele cabeceou após o cruzamento de Júnior Chicão.

Na segunda etapa, o Santos retornou com mais garra e raça. Aos 15 minutos, Magno foi expulso de campo. Mesmo com um a menos, o alvinegro fez o segundo gol através de Acosta aos 18 minutos.

O jogo ganhou mais emoção após a expulsão do meia, André Cabeça. Isso facilitou a vida do Imperatriz, que empatou aos 42 minutos com júnior Chicão. Depois da cobrança do escanteio a bola foi para o fundo do gol, placar 2 a 2.

O atacante Índio, que havia entrado na partida, deu alegria ao time amapaense. Aos 44 minutos ele chutou forte e fez um belo gol. Placar final 3 a 2 para alegria dos santistas. O árbitro ainda acrescentou cinco minutos ao tempo normal.

O atacante Índio, que entrou no segundo tempo do jogo e deu a vitória ao Santos, falou sobre o desempenho da equipe na partida.

“A gente está de parabéns pelo resultado contra o Imperatriz, acho que a equipe toda foi bem. O time titular foi guerreiro e abriu o placar. E aqueles que entraram na segunda etapa foram para ajudar. Esse é o maior objetivo, ajudar a equipe do Santos, com certeza estamos vivos na competição”, afirmou o jogador.

Compartilhamentos