Compartilhamentos

André Silva –

Devido a casos de incêndios em veículos registrados no Amapá nos últimos meses, o Corpo Bombeiros Militar resolveu promover nesta quarta-feira, 17, uma demonstração do uso correto do extintor nesses casos. Na ocasião, os peritos deram esclarecimentos sobre uso do novo extintor de categoria ABC. 

O extintor de incêndio automotivo com pó ABC, passou a ser obrigatório para os veículos produzidos no Brasil a partir de janeiro de 2005, através da Resolução nº 157, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Esse novo extintor de incêndio veicular é dotado de tecnologia que o torna mais eficiente e próprio para as classes de incêndios A (materiais sólidos: estofamentos, pneus, painéis, tapetes e outros), B (combustíveis líquidos: óleo, gasolina, álcool e outros) e C (matérias elétricas: bateria do carro, dispositivos e fiação elétrica).

Depois que o fogo avança, a solução é esperar pelos bombeiros. Fotos: André Silva

Depois que o fogo avança, a solução é esperar pelos bombeiros. Fotos: André Silva

“O objetivo foi demonstrar o combate em duas formas de incêndios. O principio, quando o motorista ainda pode agir, e quando o incêndio já está muito avançado, quando entra o Corpo de Bombeiros. No primeiro caso, o motorista deve fazer o uso adequado do extintor, seguindo todas as normas de segurança. Já quando o fogo está avançado e não há mas nada a se fazer, deve-se retirar as pessoas de dentro do carro, e esperar a chegada dos bombeiros”, explicou o capitão Orielson.

Orielson

Capitão Orielson: o uso correto do extintor pode salvar vidas

Os novos extintores tipo ABC têm a validade de carga de um ano, e as inspeções devem ser feitas periodicamente para avaliar a pressão da carga. Os veículos que forem pegos trafegando com extintores fora do padrão, são multados e correm o risco de serem apreendidos.

O extintor ABC pode ser usados em qualquer situação de incêndio

O extintor ABC pode ser usados em qualquer situação de incêndio

Compartilhamentos