Compartilhamentos

A Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima divulgou uma nova lista de nomes de servidores da prefeitura de Macapá que tiveram analisados os processos de transposição para os quadros da União. Ao contrário da primeira lista, divulgada há duas semanas, desta vez há processos indeferidos.

Dos 60 nomes da relação, 10 tiveram os pedidos de transposição reprovados. Veja aqui a lista (2)

Na primeira relação, divulgada no dia 12 de agosto, todos os processos foram aprovados. 

“Ainda estamos vendo os motivos, mas provavelmente são servidores que não se enquadravam por causa de datas de admissão”, presumiu o secretário de Administração da PMM, Carlos Michel.

Na próxima quinta-feira, 27, o secretário vai até Brasília para saber quais os próximos passos para a conclusão da transferência dos servidores. E também quais critérios estão sendo utilizados para julgar a ordem dos processos.

“Estamos observando que os primeiros processos que foram entregues ainda não foram julgados. Estão julgando do meio em diante”, justificou o secretário.

Dos 1,4 mil servidores que aguardam a transposição, quase 1 mil são servidores ativos. O Estado também tem 33.929 servidores estaduais inscritos para fazer a transposição, mas os julgamentos ainda não começaram. A expectativa é de que eles só comecem só depois dos servidores da prefeitura de Macapá.

Compartilhamentos