Compartilhamentos

Falta de energia, asfaltamento, saneamento e até de um espaço adequado para práticas esportivas foram algumas das situações expostas por moradores de dois bairros mais abandonados do município de Santana, o Mutirão do Paraíso e o Nova União. A exposição de problemas foi feita durante um encontro com a deputada federal Professora Marcivânia Flexa (PT) no último fim de semana. A parlamentar iniciou um ciclo de visitas a comunidades para prestar contas dos seis primeiros meses de mandato.

Marcivânia (PT) reuniu aproximadamente 300 moradores e lançou o projeto “Mandato do Povo no seu Bairro”, onde a proposta é manter um diálogo permanente com a população.

Ruas sem asfaltamento

Ruas sem asfaltamento no Nova União

Moradores não tem opções de lazer e prática esportiva

Moradores não tem opções de lazer e prática esportiva

A deputada afirmou que desde que assumiu o mandato tem se dedicado e debater as demandas de Santana com autoridades do Judiciário, do Legislativo e do Executivo.

“A ideia principal do projeto, é criar um mecanismo de escuta permanente da população para subsidiar o mandato do povo. Mas, temos outros mecanismos suplementares, como por exemplo, vamos criar um link na internet onde as pessoas poderão também indicar suas sugestões e apontar os problemas do bairro. Isso vai garantir o contato contínuo com a população e ao mesmo tempo vamos conseguir obter um diagnóstico preciso. O mandato precisa de disso, para que tenhamos uma linha correta para onde aplicarmos as Emendas e para ações políticas futuras”, informou Odair Freitas, coordenador do projeto.

“Como eu fico o maior tempo em Brasília, resolvi escolher o Odair para coordenar esse projeto, principalmente, pelo currículo que ele tem. São quase oito anos de administração pública e cerca de 20 anos de experiência política administrativa”, explicou Marcivânia.

A ideia é manter um diálogo permanente com a população, diz Marcivânia

A ideia é manter um diálogo permanente com a população, diz Marcivânia

Durante a plenária no Mutirão do Paraíso, os moradores apontaram vários problemas existentes, que vão desde a deficiência na distribuição de água, problemas constantes no fornecimento de energia elétrica, além da pouca segurança nas ruas. A deputada garantiu que vai encaminhar as reivindicações aos órgãos competentes.

Compartilhamentos