Compartilhamentos

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) anunciou que o bebê Henrique, de apenas 18 dias de vida, foi transferido na madrugada desta quarta-feira, 2, para um hospital em São Paulo. Ele tem uma cardiopatia grave e precisará passar por uma cirurgia complexa. A viagem dá fim ao drama da família que aguardava desde a semana passada a abertura de um leito. 

Henrique tem cardiopatia congênita complexa, e foi transferido na madrugada desta quarta-feira, 2, para o Hospital Beneficência Portuguesa. A Sesa disse que precisou monitorar 20 hospitais até conseguir um leito em UTI neonatal. A viagem deveria ter ocorrido na semana passada, mas um hospital em Recife acabou cedendo para outra criança o leito que estava reservado.

Bebê estabilizado com medicamentos e aparelhos. Fotos: Diego Farias/Agência Amapá

Bebê estabilizado com medicamentos e aparelhos. Fotos: Diego Farias/Agência Amapá

O avião decolou às 5h30min do Aeroporto de Macapá. A Sesa informou que bebê segue coberto pelo Programa de Tratamento Fora Domicílio (PTFD). Ainda não há data para a cirurgia. Henrique precisará primeiro passar por exames.

A Sesa citou que a falta de leitos em casos extremos como de Henrique afeta 93% das cidades do país em unidades que atendem pelo SUS, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Hospital Beneficência Portuguesa realizou mais de 10 mil cirurgias cardíacas em casos como de Henrique nos últimos 14 anos. São quase 800 cirurgias em pacientes com cardiopatia congênita por ano.

Compartilhamentos