Compartilhamentos

Uma mulher foi espancada e estuprada por bandidos durante um assalto no Bairro Novo Buritizal, Zona Sul de Macapá. Ela foi surpreendida em casa, um kitnet. A humilhação não parou por aí. A vítima ainda teve os cabelos cortados.

O assalto ocorreu por volta da 1 hora da madrugada desta terça-feira, 8, na Rua Roberto Ferreira da Silva. O Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) foi informado que quatro homens, dois com armas de fogo e dois com facas, bateram na porta da casa.

Ao abrir a porta, os cinco moradores foram rendidos. Entre eles havia uma criança de apenas dois anos. Ao que tudo indica, os bandidos, que estavam encapuzados, conheciam uma das vítimas e tinham informações privilegiadas.

“Os bandidos perguntavam sobre uma bolsa azul onde estava o dinheiro que uma moradora tinha recebido de uma indenização no trabalho dela”, explicou uma oficial do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM), que atendeu a ocorrência.

A vítima foi levada para outro cômodo da casa, enquanto era espancada e questionada sobre o dinheiro. Dentro de um quarto, ela foi violentada por vários bandidos. Um deles ainda cortou o cabelo dela com uma faca.

Os criminosos fugiram no carro em que chegaram, um Corsa prata que ninguém na casa ou na vizinhança anotou a placa. Além da dignidade dos moradores, eles levaram uma TV de 42 polegadas, além de R$ 1 mil (a indenização da vítima), joias e celulares.

A vítima de estupro ficou desacordada e foi encaminhada para o Hospital de Emergência com muitos hematomas. Ela não corre risco de morte. Os bandidos ainda não foram identificados.

Compartilhamentos