Compartilhamentos

Acontece neste sábado, 26, às 17 horas, no monumento Marco Zero, o primeiro casamento homoafetivo realizado no Amapá. No total, 11 casais se inscreveram, mas apenas seis foram considerados aptos a participarem da cerimônia, sendo que todos são formados por lésbicas. Alguns desses casais já têm mais de 20 anos de convivência.

No Brasil esse tipo de cerimônia já é realizado desde 2011. Alguns casais celebram de maneira bem particular e fechada, diferente do que vai acontecer neste sábado. Alguns casais por motivo de doença e outros por não terem a documentação completa, não poderão participar da cerimônia.

“Existem grupos que são contra a cerimônia, mas são poucos. São religiosos mais conservadores. Uma coisa é a opção religiosa da pessoa e como ela escolhe viver. Ninguém pode impedir as pessoas de fazerem uso de seus direitos. Não podemos negar direito a ninguém”, disse a juíza Elaine Cantuária.    

A cerimônia religiosa será celebrada pelo pastor gay, Danilo Yeshua, da Igreja da Inclusão.

Compartilhamentos