Compartilhamentos

“Deus viaja comigo, se um dia eu não voltar é por que viajei com Ele”. A frase, que parecia um prenúncio, foi postada por Renan Soares da Costa, de apenas 25 anos, no dia 15 deste mês em seu perfil no Facebook. Renan foi uma das quatro vítimas fatais da tragédia ocorrida na noite deste sábado, 19, na BR-210.

Renan era feliz e trabalhador. Atualmente dirigia um departamento na Prefeitura de Ferreira Gomes, cidade a 135 quilômetros de Macapá, e já tinha trabalhado também no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.

Em muitas fotos, em seu perfil no Facebook, Renan aparece ao lado de amigos, irmãos, e o pai, a quem declarou seu amor no Dia dos Pais. “Obrigado por tudo”, escreveu.

Renan também era apaixonado por carros, e fã da franquia Velozes e Furiosos. Tinha orgulho do Voyage branco, onde acabou morrendo tragicamente na noite do último sábado ao colidir frontalmente com um Celta.

A PRF trabalha com a tese de tentativa de ultrapassagem, mas só o laudo da Polícia Técnica irá dizer quem causou o acidente.  

Compartilhamentos