Compartilhamentos

O Comando do Corpo de Bombeiros do Amapá (CBMAP) anunciou na noite de sexta-feira, 18, a suspensão das buscas por mergulho pelos desaparecidos do naufrágio da embarcação Rosa de Maio, que aconteceu há uma semana na localidade conhecida como Canal do Maruim, próximo à Boca do Jari, no município de Vitória do Jari. As buscas superficiais na área vão continuar.

De acordo com o CBM, a profundidade do local do naufrágio é superior a 39 metros, acima da capacidade operacional dos mergulhadores e dos equipamentos de mergulho tanto do Corpo de Bombeiros do Amapá, quanto do Pará. Além disso, os mergulhos ficam comprometidos pela forte correnteza e a quantidade de troncos de árvores submersos, que tornam o trabalho muito arriscado para os mergulhadores.

As buscas vão continuar

As buscas vão continuar, mas sem a participação de mergulhadores. Foto: CBM/AP

“Após uma análise técnica das características do local do acidente e após conversas com mergulhadores paraenses e com a Marinha, verificou-se que o emprego dos equipamentos do CBM/PA nesta operação seria impraticável, uma vez que possuem capacidades operacionais similares aos equipamentos do CBM/AP, além da grande probabilidade de submeter os mergulhadores a doenças descompressivas”, justificou o Comando do CBM/AP.

Das cinco pessoas que estavam desaparecidas, apenas um corpo foi encontrado. Durante uma semana, 144 quilômetros quadrados foram cobertos pelas equipes de buscas, formadas pelo CBM/AP, Capitania dos Portos e moradores da região.

Compartilhamentos