Compartilhamentos

Uma embarcação de passeio naufragou na noite deste sábado, 5, próximo ao balneário do Recanto da Aldeia, na Ilha de Santana. Nove passageiros que estavam abordo foram salvos por uma equipe da Capitania dos Portos antes de a embarcação afundar completamente.

O acidente aconteceu por volta das 18 horas. A lancha de recreação começou a ser invadida pela água, e os passageiros entraram em pânico. Havia quatro homens e cinco mulheres. A água entrava rápido por algum rompimento no caso, e os homens improvisaram pequenos baldes para esvaziar a lancha.

Um dos passageiros era o coronel Aclemildo Barbosa, ex-comandante geral da Polícia Militar do Amapá.  A ação dos homens para tirar a água da embarcação funcionou o suficiente para que chegasse uma equipe da Capitania dos Portos acionada por um dos passageiros. Por sorte havia sinal de celular.

“Temos uma equipe pronta 24 horas por dia, e assim que fomos acionados fomos ao local, apesar da maresia que estava forte no momento da ocorrência”, comentou o tenente Fabiano Crespo, da Capitania dos Portos.

A equipe chegou por volta das 20 horas. Assim que todos os passageiros foram resgatados, a lancha afundou. Ninguém ficou ferido, mas os homens estavam cansados do esforço físico para manter a lancha flutuando. A Capitania dos Portos vai abrir inquérito administrativo para a apurar as causas do acidente.

“Informações preliminares são de que não houve choque com outra embarcação. O que parece é que já havia uma avaria antiga no casco que o proprietário não tinha percebido, mas ainda vamos apurar”, observou o tenente. Caberá ao proprietário fazer a remoção da lancha do fundo do Rio Matapi.    

Compartilhamentos