Compartilhamentos

Por volta das 20h50min, os dois bandidos que mantinham um refém dentro de um veículo próximo ao estacionamento do Aeroporto de Macapá se entregaram e liberaram a vítima. Parentes ajudaram a polícia nas negociações.

Max Alessandro Tavares, o “Pelado”, de 22 anos, e Victor Hugo Campos, de 18 anos, se entregaram na presença de dois cinegrafistas de emissoras de televisão que cobriam a operação da PM.

O pai e a mãe de um dos criminosos foram até o local e entraram em desespero ao ver os filhos cercados pela polícia. O pai de Pelado era o que mais chorava e implorava para que o filho se entregasse.

No meio da operação um fato curioso: duas mulheres se agrediram. Elas se diziam namoradas de Pelado e se encontraram no meio da multidão de curiosos que acompanhava tudo o que ocorreria. Foi necessária a intervenção de policiais para separar as duas.

O refém, o gerente de supermercado Rosinaldo Pantoja da Costa, de 38 anos, foi levado para fazer exames no Hospital de Emergência (HE), enquanto os dois bandidos foram conduzidos até o Ciosp do Pacoval.

A operação começou por volta das 16 horas, quando os criminosos, em fuga após um assalto no Perpétuo Socorro, renderam o gerente enquanto ele lavava o carro na garagem de casa.

Compartilhamentos