Compartilhamentos

O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) realizou na manhã deste sábado, 17, na Escola Estadual Maria Ivone de Menezes, Bairro Cidade Nova I, Zona Leste de Macapá, mais uma ação do Cram Itinerante. O bairro foi escolhido pelo nível de ocorrências registradas. Segundo a coordenação do evento, é o que mais registra casos de violência contra a mulher.

O objetivo do evento é levar atendimento para as mulheres nas áreas de psicologia, ginecologia, clínica geral, fisioterapia, assistência social e assessoria jurídica. Também foram oferecidos testes de glicemia e verificação de pressão arterial. 

Mulheres aproveitaram outros serviços oferecidos. Fotos: André Silva

Mulheres aproveitaram outros serviços oferecidos. Fotos: André Silva

“Entre os bairros com maiores índices de violência contra a mulher estão o Cidade Nova, Congós e alguns da Zona Norte. Em uma semana o Cram já chegou a registrar cerca de 50 casos de violência só no Bairro Cidade Nova”, disse a coordenadora do Cram, Otacília Paes.

“Ter um atendimento assim no bairro de vez em quando é muito bom. Eu vim acompanhando minha mãe, mas acabei fazendo uso também dos serviços. Infelizmente a gente sabe de muitos casos de violência aqui no bairro, mas não nos envolvemos porque trata-se de marido e mulher, demora muito eles já estão juntos de novo”, disse a dona de casa Lia Caroline Rodrigues, 33 anos.  

Compartilhamentos