Compartilhamentos

Desde a semana passada as casas lotéricas de Macapá estão lotadas. O motivo é simples: greve dos bancários. A população procura resolver na lotéricas as demandas que antes resolvia nos bancos. Com isso o serviço fica mais lento aumentando o tempo de espera na fila.

Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado em 19 estados da Federação, inclusive no Amapá. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Amapá (Sintraf-AP), os principais motivos da greve são reajuste salarial de 16% e participação nos lucros dos bancos.

A pauta de reivindicações dos 839 bancários amapaenses inclui: adicional de R$ 7 mil, vale alimentação, melhores condições de trabalho, plano de cargo carreira e salário, auxílio educação, fim das metas abusivas e combate ao assédio moral.

As filas grandes e lentas deixa o macapaense irritado. Fotos. Cassia Lima

As filas grandes e lentas deixa o macapaense irritado. Fotos. Cassia Lima

Pagamento de contas, por exemplo, não pode ser feito dentro das agências. Somente os caixas eletrônicos estão com serviço normal. Quem tem conta para pagar tem que chegar cedo e ter paciência.

“Eu estou na fila desde 7 horas da manhã. Já perdi uma manhã de trabalho, e o pior é que tem coisas que só se resolvem no banco mesmo. Antes de vir pra cá, fui em três lotéricas diferentes”, comentou o empacotador Alexandre Ramos.

Segundo o gerente de uma loteria, o movimento anda agitado. Na verdade, três vezes maior que o normal e a reclamação também aumentou.

“Percebemos que a demanda que aumentou é justamente a que os bancos supriam, mas agora não estão fazendo. Tem gente que reclama horrores, outros até entendem o aumento. Mas é ter paciência mesmo”, explicou o gerente Manoel de Oliveira.

 

Compartilhamentos