Compartilhamentos

Humberto Baía, de Oiapoque –

O anúncio da saída do prefeito de Oiapoque, Miguel do Posto, do PSB, que aconteceu na quarta-feira, 30, levou outros filiados a deixarem o partido do ex-governador Camilo Capiberibe. A maioria assinou filiação no PDT, a exemplo do prefeito.

O problema não foi sair do partido, mas convencer a atual presidente do Diretório Municipal do PSB, vereadora Tida, a assinar os requerimentos dos que queriam deixar a legenda.

Miguel do Posto deixou o PSB e muitos saíram com ele. Fotos: Humberto Baía

Miguel do Posto deixou o PSB e muitos saíram com ele. Fotos: Humberto Baía

Ainda na quarta-feira à noite houve uma corrida frenética ao Diretório do PDT em Oiapoque. Eram pessoas ligadas ao prefeito Miguel que deixavam o PSB para aderir ao partido do atual governador Waldez Góes. Isso reforçou a possibilidade de Miguel do Posto vir candidato à reeleição, mas ele não confirma essa informação.

Mesmo assim, essa revoada em direção ao PDT tirou o sono de muita gente que já dava como favas contadas a desistência de Miguel de disputar as próximas eleições. Alguns nomes já surgiram como potenciais candidatos à prefeitura de Oiapoque, como Artur do Areal, Joacy Rabelo, Jose Nazareno (Lobão) e Enoque Galvão. Mas até às convenções, ainda tem muita água para passar por baixo da ponte.

Compartilhamentos