Compartilhamentos

Nesta sexta-feira, 9, será a vez de os moradores de Santana discutirem em que áreas da educação, saúde, esporte e cultura haverá investimentos da emenda da deputada federal Marcivânia Flexa (PT-AP) para o ano que vem. Nas plenárias, que começaram no último dia 17, a maioria das indicações dos moradores foi direcionada para investimentos em infraestrutura.

As plenárias estão sendo realizadas nas duas cidades mais populosas do Amapá: a capital e Santana. Em Macapá, os debates (já foram realizados 3) ocorrem na Zona Norte. Santana foi dividida em territórios, cada um incluindo vários bairros.

Marcivânia Flexa vai apresentar emenda até o dia 20 de outubro com indicações do povo. Foto: Ascom

Marcivânia Flexa vai apresentar emenda até o dia 20 de outubro com indicações do povo. Foto: Ascom

Nos próximos dois fins de semana ocorrerão mais 6 plenárias nos dois municípios. Cada deputado precisará apresentar as emendas ao orçamento da União até o dia 20 de outubro, indicando onde serão aplicados R$ 14 milhões. Marcivânia preferiu que a população indique aonde quer ver aplicados R$ 7 milhões.

Tanto em Macapá como em Santana, a população tem pedido investimentos em infraestrutura. Construção de passarelas, centros comunitários, sedes de associações de moradores, reforma de escolas e arenas esportivas estão entre as indicações mais comuns. 

Odair Freitas, coordenador da Emenda Participativa: discussões acaloradas

Odair Freitas, coordenador da Emenda Participativa: discussões às vezes acaloradas

No caso das plenárias territoriais, para votar nas indicações a pessoa precisa morar no bairro. No caso das plenárias setoriais, que começam nesta sexta pelo município de Santana, a participação pode ser do público em geral. Serão discutidos investimentos em educação, saúde, esporte e cultura.

“Os profissionais dessas áreas por excelência darão uma contribuição maior nas discussões, mas esses setores na verdade dizem respeito a todos, como educação, por exemplo”, explica o coordenador da Emenda Participativa, Odair Freitas.

Antes de votar, os moradores são credenciados. “Apesar do desencanto das pessoas pela política, o número de participantes tem sido muito positivo. Na última plenária tivemos quase 190 pessoas credenciadas, sem contar com as outras pessoas que acompanhavam. A participação tem sido muito positiva e às vezes até acalorada”, comenta o coordenador.

Em Santana, a plenária será realizada na Escola Estadual Augusto Antunes, a partir das 16 horas desta sexta. No sábado, 10, os debates serão concentrados na Escola Leóves Teixeira, no Bairro Renascer, a partir das 15 horas.

Compartilhamentos