Compartilhamentos

Humberto Baía, de Oiapoque – 

Um grupo de sem teto fez um protesto em frente ao fórum da cidade de Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá, durante audiência nesta quarta-feira, 14, entre representantes da prefeitura e os líderes da invasão de uma área destinada ao programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A audiência acabou sendo transferida.

Como o prefeito Miguel do Posto (PDT) está licenciado e a vice está viajando por motivos de saúde, a prefeitura foi representada pela presidente da Câmara de Vereadores de Oiapoque, Angelina Neta. As ausências colaboraram para que a audiência fosse adiada.

Marvulhe: documentos inconsistentes

Marvulhe: documentos inconsistentes. Fotos: Humberto Baía

Os invasores alegam que o programa Minha Casa, Minha sofreu cortes e não será mais realizado em Oiapoque. Uma ação de reintegração de posse está sendo movida pela prefeitura para tentar reaver o terreno.

Nos últimos anos várias áreas foram invadidas em Oiapoque, e em muitos casos os “sem teto” possuem propriedades na cidade.

No caso do Bairro do Aeroporto, onde fica a área invadida, as famílias estão passando por um recadastramento que vai identificar quais realmente estão em situação de vulnerabilidade social.

Compartilhamentos