Compartilhamentos

Humberto Baía, de Oiapoque –

Muitas crianças com deficiência auditiva e da fala estavam fora da sala de aula em Oiapoque porque o município não dispunha de professores qualificados na comunicação de sinais. Hoje essa realidade mudou. 25 professores da rede municipal concluíram a primeira etapa do curso de libras.

A Secretaria Municipal de Educação já está buscando junto à sociedade crianças com esse tipo de deficiência para ingressarem na escola, agora que os profissionais estão prontos para recebê-los.

Foram três meses de curso intensivo, e os professores aprenderam que agora poderão possibilitar aos deficientes compreender melhor o mundo em que vivem através dos sinais.

“Só estamos no começo. Esta e a primeira etapa do curso, mas estou muito contente com 80% dos professores finalizando este etapa”, disse a professora Rosana Lima, que ministrou o curso.

Professora Rosana Lima: isso é só o começo

Professora Rosana Lima: isso é só o começo

 

Compartilhamentos