Compartilhamentos

Nos últimos tempos as polícias Civil e Militar do Amapá passaram a lidar como uma nova modalidade de crime: o sequestro de veículos. Os bandidos só devolvem motos e carros depois que o proprietário paga o resgate. Vários casos já foram registrados nos últimos meses, o último deles começou no início da semana passada e terminou na madrugada desta segunda-feira, 19, com uma surpresa para o bandido.

A moto foi levada em um assalto no Bairro do Pacoval. Durante o roubo, os bandidos pediram o número de celular da vítima e desapareceram com a moto. No mesmo dia, eles entraram em contato exigindo o pagamento de um resgate. O valor foi baixando durante os contatos posteriores e neste fim de semana chegou a R$ 500.

Mototaxistas que ajudaram o amigo em frente ao prédio do Ciosp. Fotos: Jair Zemberg

Mototaxistas que ajudaram o amigo em frente ao prédio do Ciosp. Fotos: Jair Zemberg

Feito o acordo, bandido e vítima combinaram o local da entrega da moto e o pagamento do resgate, que seria a Avenida Acre, também no Bairro do Pacoval, às duas horas da manhã. O que o bandido não esperava é que a vítima fosse levar amigos para o encontro. Eram mototaxistas.

Quando o dinheiro ia ser entregue eles chegaram rapidamente e tentaram cercar o assaltante que puxou uma arma, mas decidiu fugir correndo para uma área de pontes. Os mototaxistas acreditam que a arma era de brinquedo.

A moto foi recuperada e os mototaxistas foram até o Ciosp do Pacoval para registrar o que havia ocorrido. O bandido sequestrador ainda não foi localizado e nem identificado.

Compartilhamentos