Compartilhamentos

Começa nesta sexta-feira, 30, a 51ª edição da Expofeira do Amapá. O evento realizado pelo governo do Estado e o Sebrae terá duração de 10 dias. O show nacional de aberto será com João Neto e Frederico. O grande destaque este ano será o Pavilhão de Negócios, com foco para a exposição dos eixos econômicos do Estado.

O Pavilhão de Negócios está localizado próximo à entrada principal, num espaço de aproximadamente 3.900 m². Oficinas e atendimentos aos empreendedores serão oferecidos pelo Sebrae, além de exposições institucionais que compõem a estrutura econômica de produção e conhecimento, como Banco do Brasil, Amcel, BP Petróleo, Total Petróleo, Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá, Sistema Fecomércio, Senac, Embrapa, Iepa, Unifap, Prodap e Companhia Docas de Santana.

O Pavilhão de Negócios foi montado em uma área de 3.900 metros quadros. Fotos: Secom/GEA

O Pavilhão de Negócios foi montado em uma área de 3.900 metros quadros. Fotos: Secom/GEA

São 48 estandes que irão evidenciar todo o conhecimento que pode se transformar em oportunidade de negócio. “Esta será uma vitrine para que investidores, potenciais empreendedores e empresários, também possam explorar de forma adequada diversas atividades. Por isso, o Pavilhão de Negócios servirá como vitrine de todas as oportunidades e potencialidades econômicas que o Estado tem a apresentar”, comentou Bruno Castro, analista em Gestão de Projetos do Sebrae.

Lá também serão apresentados protótipos, processos, tecnologias, produtos e soluções inovadoras que ampliem e melhorem a produção dos setores da indústria, mineração e logística.

Energia

Toda a estrutura montada no Parque de Exposições da Fazendinha será ligada a um sistema de energia independente. Foram instalados três geradores termoelétricos com capacidade para suprir a demanda da feira. Dois terão funcionamento permanente e o terceiro servirá de reserva. A empresa responsável pela iluminação é a mesma que cuidou do Rock in Rio 2015.

“Dessa vez será um sistema que não compromete a energia da cidade. Por isso, as pessoas não precisam se preocupar com falta de energia. A medida atende ao um clamor popular e da CEA, já que o equipamento das termoelétricas é de ponta”, assegurou o secretário adjunto de Estado do Planejamento, Otávio Magalhães.

Dois geradores vão funcionar permanentemente e um ficará como reserva. Fotos: Secom/GEA

Dois geradores vão funcionar permanentemente e um ficará como reserva. Fotos: Secom/GEA

Expofeira

A Expofeira do Amapá nasceu em setembro de 1947, com o nome de I Feira de Animais e Produtos Agropecuários. O evento foi criado durante o governo de Janary Gentil Nunes quando Amapá ainda era Território Federal. A feira marcou o aniversário de quatro anos do desmembramento do Estado do Pará e da emancipação política, geográfica e econômica do território.

Na época o evento foi realizado na Praça Barão do Rio Branco, no centro de Macapá, depois foi transferida para o Estádio Municipal Glicério Marques. Até que em 1966, um espaço exclusivo foi criado na antiga Fazenda Modelo, em Fazendinha, onde hoje funciona o Parque de Exposições.

 

Compartilhamentos