Compartilhamentos

JAIR ZEMBERG –

Uma tentativa de assalto a uma ourivesaria terminou em tiroteio entre um policial militar à paisana e um criminoso na tarde desta quarta-feira, 18, no Centro Comercial de Macapá. O bandido foi atingido, conseguiu fugir, mas depois acabou sendo preso pela Polícia Militar.

Os bandidos tinham planejado tudo nos mínimos detalhes, só esqueceram de que poderia haver uma pessoa armada do lado de dentro da loja. No total, eram quatro homens e uma mulher. Dois homens ficaram do lado de fora e dariam fuga em duas motocicletas.

Leno transportou comparsa atingido por tiro. Fotos: Jair Zemberg

Leno transportou comparsa atingido por tiro. Fotos: Jair Zemberg

O papel da mulher era fazer par com um dos bandidos como se fossem um casal interessado em comprar joias. Eles entraram na ourivesaria tranquilamente seguindo o plano, mas havia outro detalhe que eles desconheciam: sempre que um cliente entra no estabelecimento a porta é trancada por dentro pelos funcionários.

Sem perceber que a porta havia sido trancada, o falso casal deu sinal por celular para que o segundo assaltante entrasse, mas ele não conseguiu. Foi nesse momento que Rubens Pantoja da Silva, de 24 anos, o Coringa, sacou a arma e apontou para os funcionários anunciando o assalto.

Mochila é fugitivo do Iapen

Mochila é fugitivo do Iapen

Um policial militar à paisana também sacou a arma e o bandido atirou. O PM se jogou no chão e revidou acertando um tiro que entrou pela virilha e saiu pelos glúteos do criminoso.

No meio do tiroteio todos os criminosos fugiram em motos. A mulher também desapareceu, por isso a polícia acredita que havia um carro aguardando por ela.

Ourivesaria alvo dos assaltantes funciona atrás do supermercado Yamada

Ourivesaria alvo dos assaltantes funciona atrás do supermercado Yamada

Equipes do 6º Batalhão da PM e do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) chegaram rapidamente e começaram a fazer diligências. Uma equipe do 6º BPM conseguiu prender dois deles no Bairro Perpétuo Socorro.

Os policiais seguiram orientações de populares até encontrarem um rastro de sangue pelas pontes que levou até uma casa onde estava uma das motos utilizadas no crime.

Na casa estavam Michel de Souza Santos, 25 anos, o Mochila (sem camisa), que é fugitivo do Iapen, e Heleno de Freitas Souza Santos, o Leno (camisa amarela).

Policiais encontraram dois bandidos dentro da casa onde também havia uma das motos

Policiais encontraram dois bandidos dentro da casa onde também havia uma das motos

O rastro seguido pelos policiais foi o sangue que pingou da garupa da moto que transportou Rubens Pantoja da Silva, 24, o Coringa, natural de Portel (PA), o bandido que trocou tiros com o segurança.

Ele foi deixado por Heleno (de camisa amarela) numa área de pontes do Bairro Universidade, perto da Sede dos Magistrados. Ele estava em uma casa e já havia perdido bastante sangue.

Coringa foi levado para o Hospital de Emergência de Macapá onde permanece internado, mas sem risco de morte. A polícia que ele é procurado pelas autoridades do Pará por participação em inúmeros assaltos. Permanecem foragidos a mulher e um terceiro criminoso.

Compartilhamentos