Compartilhamentos

A campanha de vacinação antirrábica vai continuar em Macapá até sexta-feira, 13. A coordenadoria do Controle de Zoonoses de Macapá informou que sete postos estão funcionando para vacinar os animais que não participaram do dia “D” de vacinação que aconteceu no sábado, 7.

De acordo com os números divulgados pela prefeitura, mais de 40 mil animais foram vacinados, sendo que a meta era a imunização de 35 mil cães e gatos. A procura foi tanta que em alguns postos a vacina teve que ser reposta porque acabou antes do previsto.

“A adesão à campanha foi acima do esperado. Em um dia imunizamos 41.525 animais, ultrapassando a meta estipulada. Como em alguns postos a vacina acabou antes do previsto, estaremos nesses sete pontos fixos para atender a população”, informa a chefe da Divisão de Zoonoses, Anaid Menezes.

No sábado, dia "D" de vacinação, mais de 40 mil animais foram vacinados

No sábado, dia “D” de vacinação, mais de 40 mil animais foram vacinados

Os postos que vão funcionar até sexta-feira são: Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que fica no Bairro do Laguinho; Canil Municipal, em Fazendinha; e nas Unidades de Saúde Lélio Silva, no Buritizal; Congós; Marcelo Cândia, no Bairro Jardim Felicidade, Álvaro Corrêa, e Leozildo Fontoura, no Bairro do Muca.

A partir da semana os animais só poderão ser vacinados no prédio da Semsa ou no Canil Municipal.

A raiva

É uma doença infecciosa que afeta os mamíferos causada por um vírus que se instala e multiplica primeiro nos nervos periféricos e depois no sistema nervoso central.

A transmissão ocorre por meio do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranhões. Nas áreas urbanas têm como principal agente o cão, seguido pelo gato.

De acordo com o setor de zoonoses do Estado, o último caso de raiva foi registrado no Amapá foi em 1991.

 

 

Compartilhamentos