Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA –

Um acidente de trânsito envolvendo quatro carros no fim da manhã desta sexta-feira, 13, deixou duas pessoas feridas no Bairro do Laguinho. O motorista que conduzia uma picape trafegava na Avenida Raimundo Álvares da Costa e avançou a preferencial na esquina da Rua Jovino Dinoá, acertando em cheio um carro de passeio onde estava um casal. Ele ainda atingiu outros dois veículos que estavam estacionados, e só parou porque bateu em uma árvore.

Segundo a guarnição do Batalhão de Policiamento de Transito (BPTran) que atendeu a ocorrência, o motorista João Câncio da Costa, trafegava na Avenida Raimundo Álvares da Costa no sentido centro, não percebeu que se tratava de uma preferencial e avançou na Rua Jovino Dinoá. No carro que foi atingido pela picape estava o casal Emerson Miranda, 31 anos, e esposa dele, Orlandina Chagas de Oliveira, 35 anos.

No carro de passeio estavam duas pessoas que ficaram feridas. Fotos: André Silva

No carro de passeio estavam duas pessoas que ficaram feridas. Fotos: André Silva

O acidente, segundo o sargento Antonio Carlos, aconteceu por volta das 11h30min. O impacto foi tão forte que a esposa do condutor, dona Orlandina, foi arremessada para frente batendo a cabeça no painel, o que ocasionou um corte na testa. O Samu foi acionado e ela foi levada para o Hospital de Emergência (HE).

Emerson, que que também teve ferimentos leves, diz que foi tudo muito rápido. Ele conta que trafegava a 40 Km/h. “Quando eu vi já estava em cima e não deu tempo para fazer nada. Até tentei frear, mas não deu”, afirmou.

mmmm

O prejuízo não foi maior porque o motorista bateu numa árvore

O motorista da picape, João Câncio, segundo o BPTran, perdeu o controle e saiu batendo em tudo que tinha pela frente. “O que evitou que o estrago fosse maior foi o fato desta arvore estar ali. Ela segurou todo o impacto do carro. Se não fosse a árvore, ele teria avançado e acertado o muro da casa correndo o risco de acertar alguém”, relatou o sargento Antonio Carlos.

O prejuízo não foi maior porque o motorista bateu numa árvore

Os carros batidos ficaram engarrafados

Compartilhamentos