Compartilhamentos

SELES NAFES –

Gurijuba frita com molho shoyo produzido a partir do tucupi da Amazônia. Esse é um dos exemplos de aprimoramento da culinária do Amapá, uma aposta que o Sindicato dos Bares e Restaurantes está fazendo numa oficina para cozinheiros de restaurantes do Estado durante a Expofeira.

Oficinas ocorrem numa sala para cerca de 30 cozinheiros. Fotos: Seles Nafes

Oficinas ocorrem numa sala para cerca de 30 cozinheiros. Fotos: Seles Nafes

As aulas são ministradas por chefes de cozinha de outros centros do país convidados para a oficina. O objetivo é mostrar como é possível dar mais sofisticação, valor turístico e sabor diferenciado a pratos bem conhecidos do amapaense.

????????????????????????????????????

Tucupi sendo transformado em molho shoyo: Inovação dos pratos típicos

“Enviamos para os chefes uma relação das nossas iguarias pra que eles criassem pratos com os nossos produtos, como esse shoyo feito de tucupi que passou por um processo de redução (cozimento) de 10 horas até ficar nesta consistência e coloração. Tudo preparado pelo chef Paulo, do Rio de Janeiro”, explica Socorro Azevedo, primeira-secretária do sindicato e uma das organizadoras das oficinas.

As oficinas ocorrem em um dos estandes do Pavilhão de Negócios da Expofeira e começaram na última terça-feira, 3. A última será na sexta-feira, 6.

Socorro Azevedo auxiliar o chef Paulo, do Rio de Janeiro

Socorro Azevedo auxiliar o chef Paulo, do Rio de Janeiro

A cada 2 dias, um chefe diferente ministra as aulas que acontecem numa sala com capacidade para cerca de 30 cozinheiros que acompanham as explicações do chef e conseguem visualizar o preparo do prarto em um telão.

Compartilhamentos