Compartilhe

HUMBERTO BAÍA, DE OIAPOQUE –

A Polícia Civil de Oiapoque, cidade na fronteira com a Guiana Francesa (590 quilômetros de Macapá) prendeu um agricultor acusado de abusar sexualmente de cinco filhas. A menor delas tem apenas cinco anos de idade.

O agricultor Raimundo Bernaldo de Almeida Filho, de 49 anos, é natural do Maranhão. Ele foi preso na manhã desta quarta-feira, 25, pela equipe do delegado Charles Corrêa. O agricultor era casado com uma indígena da etnia Karipuna com quem teve 9 filhas.

O casal estava separado havia alguns meses, depois que a esposa relatou agressões sofridas pelo marido. Foi a mãe das meninas quem fez a denúncia de abuso sexual. As meninas tem 5, 6, 10, 12 e 14 anos.

Bernaldo e as três armas encontradas com ele: achava que era normal. Fotos cedidas pelo Ciosp de Oiapoque

Bernaldo e as três armas encontradas com ele: achava que era normal. Fotos cedidas pelo Ciosp de Oiapoque

O delegado Charles Corrêa ouviu a mãe e uma das crianças que contou em detalhes como eram os abusos. A menor foi encaminhada para exames no hospital de Oiapoque, onde a equipe do médico Luiz Alexandre constatou o abuso.

Há a suspeita de que a filha de 14 anos tenha engravidado e teria sido obrigada a fazer um aborto. Em seu depoimento, o agricultor disse que achava ser normal manter relações sexuais com as filhas.

Uma equipe de assistência social da prefeitura de Oiapoque, que já fazia o acompanhamento das meninas, suspeitou dos abusos, mas ainda não havia elementos para formalizar a denúncia.

As crianças foram ouvidas no Ciosp de Oiapoque e entregues à mãe. Durante a operação montada para prender Bernaldo foram encontradas 3 espingardas calibre 12 na casa dele.

Compartilhe