Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA – 

A partir desta terça-feira, 1º, os taxistas de Macapá começam a cobrar bandeira 2 em qualquer dia da semana, independentemente de horário. A mudança periódica é uma espécie de 13º salário para a categoria de quase 800 profissionais na capital. A bandeira 2 representa um acréscimo de 20% no valor das corridas.

De acordo com o Sindicato dos Taxistas, é bom esclarecer que a bandeira 2 não dobra o valor da corrida. A mudança é na diminuição do tempo percorrido pelo valor cobrado. Hoje, o valor inicial da corrida é R$ 4,15 sendo acrescentados R$ 0,30 a cada 100 metros percorridos. Na bandeira 2 é cobrado o mesmo valor, ou seja, R$ 4,15, a diferença é que os R$ 0,30 são acrescentados a cada 80 metros.

Wenderson Leno

Wenderson Leno: é nosso 13º salário que vai reforçar a renda para o fim de ano. Fotos: Cássia Lima

“Sabemos que isso muda para o consumidor, mas é nosso 13º. É direito nosso aumentar um pouco a renda para o fim de ano”, destacou Wederson Leno, taxista há 5 anos.

De acordo com os taxistas, a mudança não pesa tanto para os usuários, já que o reajuste será de apenas 20% e vai ser apenas um mês.

“Uma corrida do Centro ao Pacoval, por exemplo, que normalmente custaria R$ 15, chega a R$ 17,50 na bandeira 2. Essa variação ocorre justamente pelo metros percorridos. Em bairros mais distantes, é claro, a variação vai ser maior”, explicou Edmar Pimentel, taxista há 10 meses.

Edmar Pimentel: na verdade o reajuste não é muito e não vai comprometer o usuário

Edmar Pimentel: na verdade o reajuste não é muito e não vai comprometer o usuário

A categoria tem expectativa de aumento no número de passageiros a partir da segunda quinzena de dezembro, quando sai o pagamento do 13º salários dos servidores públicos.

Compartilhamentos