Compartilhamentos

HUMBERTO BAÍA – 

Crianças que moram no município de Oiapoque e que sofreram algum tipo de abuso, agora têm um novo aliado. Trata-se da Associação de Desenvolvimento, Prevenção, Acompanhamento e Cooperação (DPAC), uma ONG que recebe recursos da União Europeia para tentar diminuir o sofrimento de famílias carentes da região.

O objetivo da entidade é garantir apoio às famílias em situação de vulnerabilidade e às crianças que sofreram violência ou maus tratos. Na semana do Natal, membros da ONG estiveram em uma localidade a 18 quilômetros de Oiapoque, na BR-156, para levar brinquedos e roupas para nove crianças que sofreram abuso do próprio pai, que hoje está preso no Iapen.

Crianças recebem roupas e brinquedos da ONG. Fotos: Humberto Baía

Crianças recebem roupas e brinquedos da ONG DPAC. Fotos: Humberto Baía

“Nosso trabalho é chegar aonde o Estado, por algum motivo, não consegue chegar e dar apoio moral e psicológico a quem precisa”, disse diretora da ONG, Jane Bordalo. As crianças receberam a visita do Papai Noel no sítio onde moram e ajudam a mãe e a avó na produção de farinha.

Abusadas pelo pai, as crianças ajudam na produção de farinha

Abusadas pelo pai, as crianças ajudam na produção de farinha

“Para um adulto, um simples brinquedo pode não parecer nada, mas isso marca na cabeça da criança para a vida toda”, afirma emocionada a diretora.

A ONG já distribuiu brinquedos em Vila Vitória e na academia do Demétrio, no Bairro do Infraero, que também mantém um projeto social.

Compartilhamentos