Compartilhamentos

JAIR ZEMBERG –

Uma discussão familiar terminou em triplo homicídio na manhã deste domingo, 6, no município de Vitória do Jari, no Sul do Amapá. Segundo informações da Polícia Militar, um homem tentou resgatar os filhos que moram com a ex-mulher e estariam sendo maltratados pelo atual marido dela. O pai dos meninos e dois irmãos do padrasto morreram.

Por volta das 6h Ronaldo da Silva, de 44 anos, decidiu buscar os dois filhos na casa da ex-mulher, no Bairro Santa Clara, para morarem com ele em Monte Dourado, distrito do município paraense de Almeirim, do outro lado do Rio Jari.

Abimael, de 20 anos, morreu no local. Fotos: Dalto Pacheco

Abimael, de 20 anos, morreu no local. Fotos: Dalto Pacheco

Segundo a polícia, Ronaldo estava alcoolizado e travou uma discussão com Daniel Duarte e a ex-mulher.  Foi quando Daniel decidiu chamar dois irmãos que moram na vizinhança. Os três passaram a agredi-lo com golpes de terçado e facadas. Foi nesse momento que um atirador ainda não identificado apareceu.

“Ele estava armado com uma espingarda e atirou nos três irmãos, aparentemente para defender o Ronaldo que foi atingido com uma terçadada na cabeça. Dois foram atingidos e Daniel acabou fugindo em meio aos tiros”, relatou o sargento Gomes, da PM de Vitória do Jari e que atendeu a ocorrência.

Local onde ocorreram as mortes. Foto: PM

Local onde ocorreram as mortes

Os irmãos Abimael, de 20 anos, e Marcos Duarte, de 23 anos (foto de capa), morreram no local. Ronaldo morreu no Hospital de Laranjal do Jari.

Até o início da tarde o padrasto Daniel continuava desaparecido. A polícia fez diligências nas redondezas, mas não conseguiu localizar ele e nem o atirador.

“Nós tentamos descobrir quem ele é, mas as pessoas dizem que não viram nada”, comentou Gomes.

Compartilhamentos