Compartilhamentos

JAIR ZEMBERG – 

Um colega de cela assumiu a autoria da morte de outro detento no pavilhão F 5 do Iapen na manhã da terça-feira, 1º. Ele confessou o homicídio durante interrogatório na Delegacia de Polícia do Bairro Nova Esperança, responsável pela Zona Oeste da capital,. A vítima teria sido assassinada com um golpe de “mata leão”.

Leandro Valente Martins, tinha 24 anos, e foi encontrado morto por volta das 7h30min durante a troca de plantões. Inicialmente três detentos foram identificados como suspeitos e conduzidos ao Ciosp do Pacoval, mas apenas um deles assumiu a autoria.

Jackson Júnior não informou o motivo do crime, mas mostrou aos policiais com gestos como matou o colega por asfixia mecânica usando o golpe de jiu-jitsu.

Leandro cumpria pena de 7 anos por participação em um homicídio, e já tinha outras passagens pelo Iapen pelos mais variados crimes. Ele tinha sido transferido de outro pavilhão na semana passada a pedido dele próprio para fugir de ameaças de morte.

Compartilhamentos