Compartilhamentos

DA REDAÇÃO – 

A deputada estadual Cristina Almeida (PSB) protocolou nesta quarta-feira, 16, na Assembleia Legislativa, requerimento pedindo a realização de uma ampla e urgente  campanha de prevenção ao zika vírus.

A grande preocupação com a doença, transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o aedes aegypti, é com os casos de microcefalia em fetos. 134 casos já foram registrados no Brasil, a maior parte no Nordeste e mais recentemente no Sudeste. Há 2.165 casos sob investigação.

A proliferação do mosquito é grande no Amapá que já registrou mais de 4 mil casos de dengue em 2015. A chikungunya, outra doença transmitida pelo aedes, produziu 977 casos notificados, 925 desses só no município de Oiapoque.

“Vivemos uma grave crise na saúde, onde faltam leitos, remédios e profissionais nas mais diversas áreas, portanto são necessárias ações efetivas de prevenção e combate ao aedes aegypti”, avalia a deputada.

“É necessário que os poderes se unam nesta ação, através de parcerias, em uma campanha maciça nos meios de comunicação, televisão, rádio, informativos. Esta Casa tem muito a contribuir no sentido de fazer uma ampla mobilização”, concluiu.

Compartilhamentos