Compartilhamentos

DA REDAÇÃO – 

O ex-deputado estadual Agnaldo Balieiro foi preso no fim da tarde desta sexta-feira, 18, depois de se apresentar espontaneamente no Iapen. Ele foi levado para o Ciosp do Pacoval e depois submetido a exame de corpo de delito na Politec.

Balieiro estava com a prisão preventiva decretada desde o último dia 2 por determinação do desembargador Carmo Antônio de Souza, do Tribunal de Justiça do Amapá. Oficiais de Justiça não estavam conseguindo intimar o ex-parlamentar que responde a processo por desvio da verba indenizatória da Assembleia Legislativa do Amapá. No dia 9, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o habeas corpus.

Depois dos procedimentos no Ciosp e na Politec, Balieiro, que é  militar da reserva da Polícia Militar, foi colocado em uma sala da administração do Iapen para aguardar uma possível decisão da Justiça.

No fim da tarde, o advogado do ex-deputado, Jorge Anaice, conseguiu a revogação da prisão preventiva.

“Ele se comprometeu a participar de todas as audiências e não se esquivar mais do processo”, comentou o advogado.

Por volta das 18h50, Jorge Anaice estava se dirigindo ao Iapen para levar a decisão do Tjap de revogar a preventiva e libertar o ex-deputado.

Balieiro já era considerado foragido da Justiça. O advogado disse que durante o tempo em que passou desaparecido ele estava em Macapá.

Compartilhamentos